Um Elefante no Arco do Triunfo

Charles Ribart, arquiteto francês do séc. XVIII projetou um edifício em forma de elefante, a ser construído em homenagem a Luís XV no local onde hoje está o Arco do Triunfo.

O edifício possuiria três pisos, com um salão de baile, a que se teria acesso, através de uma escada em caracol situada no ventre do elefante.

High-tech para o tempo, no projeto, o edifício possuía um sistema de ar condicionado e também sistema de drenagem localizado no tronco do elefante.

A água captada sairia pela tromba do elefante jorrando como uma fonte.

O mobiliário do edifício seria embutido nas paredes.

A proposta não foi aprovada pelo Governo Francês, entretanto esse projeto, mais tarde, serviu de inspiração para Napoleão no projeto do “Elefante da Bastilha”.